Siguenos
iBookstore
Android app on Google Play
Like Us
Un programa de
Uma chuva abrasadora
11 de March de 2020

Por vezes, nos meses de verão, gostamos de nos queixar de que o tempo está demasiado quente. Agora, imaginem viver num planeta tão quente que as temperaturas que se registam nele todos os dias são suficientes para derreter metais! O Very Large Telescope do ESO (Observatório Europeu do Sul) encontrou um planeta assim, um mundo onde as temperaturas podem chegar aos 2400 º C – ou seja, muito mais elevadas do que as dos fornos que temos em casa para cozinharmos. Seria impossível não queimar um bolo neste planeta!

Este estranho mundo foi designado WASP-76b, e localiza-se a cerca de 640 anos-luz da Terra. A temperatura é tal que durante o dia pode vaporizar metais. O calor é tanto que as moléculas se dissociam em átomos, e os metais como o ferro se evaporam para a atmosfera. Este mundo agreste também sofre grandes amplitudes térmicas, o que provoca ventos muito fortes. E esses ventos levam o vapor de ferro para o lado noturno, mais fresco, onde esse vapor condensa e produz uma chuva… de ferro.

Visitar este planeta não parece nada uma boa ideia!

Facto curioso

Já foram descobertos mais de 4100 exoplanetas. A maior parte deles foram encontrados graças a técnicas muito bem pensadas, como a das oscilações, ou a de usar estrelas como lentes.

Share:

Fotografías

Ilustración de artista del exoplaneta WASP-76b
Ilustración de artista del exoplaneta WASP-76b

Printer-friendly

PDF File
965,2 KB