Siguenos
iBookstore
Android app on Google Play
Like Us
Un programa de
Planeta escuro como breu absorve luz
15 de September de 2017

Notícias fabulosas para todos os lobisomens, vampiros e outras criaturas da noite – foi descoberto um planeta escuro como breu!

Este novo mundo é um ‘exoplaneta’, ou seja, orbita uma estrela muito distante do nosso Sistema Solar. Até agora já encontrámos mais de 3500 exoplanetas, e alguns são realmente muito estranhos. Existem mundos que estão a ser destruídos pelas suas estrelas, enquanto outros são varridos por ventos que atingem velocidades de milhares de quilómetros por hora. Num longínquo planeta, a superfície está coberta por gelo em chamas!

De facto, dá ideia de que os planetas mais raros no Universo são os que se assemelham à nossa casa, a Terra. Então porquê toda esta excitação com este planeta negro e fantasmagórico? Porque é extraordinário que tenhamos sido capazes de determinar a sua cor.

Os exoplanetas são tão pequenos e tão distantes que é extraordinariamente difícil vê-los. E quase impossível determinar quaisquer detalhes sobre a sua natureza.

Felizmente, os astrónomos têm alguns truques na manga.

Os exoplanetas não produzem a sua própria luz, limitam-se a refletir a luz que lhes chega das suas estrelas. Se medirmos a quantidade de luz que o planeta reflete, conseguimos determinar uma série das suas características, incluindo a cor.

As superfícies de neve e gelo refletem muita luz, enquanto outras, mais escuras, como a relva ou o asfalto, são menos refletivas.

Este novo planeta é mais escuro do que o asfalto recente, e absorve a maior parte da luz que lhe chega da sua estrela. De facto, apenas 10% dessa luz é reflectida. Para pôr este número em perspetiva, a nossa Lua reflecte quase o dobro da luz.

A cor que o planeta exibe deve-se à sua temperatura, que chega a mais de 2000 graus. Este calor extremo afeta a atmosfera do planeta e impede que nela se formem nuvens, que poderiam refletir mais luz.

Facto curioso

O objeto com maior capacidade de reflexão de luz no nosso Sistema Solar é uma das luas geladas de Saturno, chamada Encelado. A nossa Lua reflete cerca de 14% da luz que a atinge, enquanto Encelado reflete mais de 99%!

Share:

Fotografías

Un planeta negro como el carbón que devora la luz
Un planeta negro como el carbón que devora la luz

Printer-friendly